Oficializaram a idiotice…



     Sabe quando dizem que os vereadores não entendem nada do poder jurídico? Sabe aquelas tentativas ferrenhas de defesa, dizendo que são bem assessorados, que não precisam ser advogados, pois há profissionais gabaritados trabalhando em conjunto? Pois agora ficou quase impossível defende-los.

        Quando inventaram uma lei obrigando que as fotos alteradas viessem acompanhadas de um aviso idiota dizendo que foram alteradas eu bem que tentei mostrar o cúmulo que era uma coisa ridícula como aquela.

          Agora a situação é ainda mais ridícula. Uma lei obriga, desde o último sábado, todos os lojistas -  da cidade de São Paulo -  a colocarem um aviso em suas vitrines para que os clientes saibam que se trata de uma vitrine {{não acredite em mim}}.

O intuito é evitar com que os clientes batam a cabeça nas vidraças

          Sim senhoras e senhores, estão chamando-nos de imbecis. É claro que eu ou você {{não precisa admitir em voz alta}} já batemos a cabeça em uma porta de vidro ou algo parecido {{EU NUNCA!!!}} mas {{e falemos baixinho agora}} sabemos que a culpa foi nossa e NÃO DA VIDRAÇA!!!

             Vejam a foto:

images 

                A vitrine acima está cumprindo a tal lei. E eu me pergunto:

Você tentaria passar por entre essas bolsas, ainda que não houvesse vidro?

                 A lei multa em R$500,00 o lojista que não colocar o tal adesivo ‘informativo’. Se me perguntarem direi que a lei foi criada porque algum vereador retardado {{como nós}} bateu a cabeça numa vitrine e ficou fulo da vida.

                 Para que tenham noção da gravidade de uma lei dessas eu vou logo avisando:

Você está sendo comparado a isso:

Eu disse que era grave!



Links do Ocioso...

2 comentários

  1. Torugo says:

    vergonhoso... cada lei idiota que me aparece ¬¬

    esse adesivo destroí totalmente com a idéia de expor de forma interessante o produto... TENSO!

  2. alex says:

    Poxa ,mas o q aquela vidraça está
    fazendo ali ..? rsrrs

Novo Comentário:

Quem fala o que quer ouve o que não quer. Se você estivesse certo não comentaria de forma anônima.
Sempre que o autor responder a resposta estará dentro do comentário separada por {{ resposta do autor }}.

O comentário requer registro pelos motivos explicados no Post Esclarecimentos