Quem fala o que quer…



Acaba por ouvir aquilo que não quer, né @danilogentili ?! Saiba porque sua carta à Folha não passa de uma grande falácia.
            Eu sempre disse que essa história de humorista querendo se confundir com jornalista ia dar farofa, não disse?! Pois bem. Eis que ontem, dia 12 de agosto o humorista {{?!}} Danilo Gentili teve uma carta publicada na Folha de São Paulo, sobre a tal censura ao humor.
            Danilo diz entre outras coisas {{não acredite em mim}}:
O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está preocupado, pois entendeu que satirizar um candidato na TV gera desigualdade no processo eleitoral.
             Ele passa toda sua carta em cima de uma crítica feita ao TSE. O nobre leitor e a sábia leitora estão cansados de saber porque isso é besteira, mas eu relembro aos esquecidos.
danilo
            Conforme vimos em nosso tutorial “Entenda a política” o judiciário apenas faz cumprir as leis, ou seja, julga para saber se o cidadão cumpriu ou não as leis feitas pelos poderes Executivo e Legislativo. E não, não é preciso ser nenhum estudante de Ciências Sociais para saber disso, basta ver na Wikipédia {{ok, peguei pesado}}.
             Ele solta ainda uma série de barbaridades, para justificar seus argumentos chega a dizer que:
Aristófanes, pai da comédia antiga, exercia abertamente sua função de fazer o público rir, criticando instituições políticas e seus representantes. Se fosse brasileiro, hoje, Aristófanes não poderia realizar seu ofício. A visão democrática do TSE está mais atrasada que a da Grécia de 400 a.C.
               Bem, Danilo, como eu estudei de verdade esse carinha aí devo esclarecer que:
His second play, The Babylonians (now lost), was denounced by the demagogue Cleon as a slander against the Athenian polis.


                 Como se isso não fosse o bastante, a nota do TSE lembra ao nem tão querido Gentili que a tal resolução foi criada em:
O artigo 45 da Lei das Eleições (9.504) tem vigência desde 1º de outubro de 1997. Portanto, seis eleições já foram realizadas sob a égide deste dispositivo, que se aplica a qualquer programa de televisão e rádio, não apenas aos humorísticos.
Minha opinião sobre esta carta?! Ela é a própria prova do porque Danilo não deve falar de política!

E eis que me bate a dúvida: Por quê a Folha publicou essa carta? Ah, é a Folha...


Links do Ocioso...

25 comentários

  1. Roberta says:

    Eu sou a @bel_cinema do twitter.

    Vim expressar o motivo da minha discórdia:
    Eu não acredito que ele esteja "dando uma" de jornalista e ignoro a questão da folha ser ou não um bom jornal ou de conduta duvidosa, acredito que o Danilo esteja sendo muito prejudicado com essa lei e não só ele como toda a classe de humoristas modernos que se habituaram a "tirar sarro" dos políticos tanto no formato de piada e como na caricatura na televisão, falo evidentemente de CQC e Pânico na TV, e por eu acreditar que ele esteja tão furioso com essa lei, eu acho que ele tenha meio que levado pela emoção por ter escrito certas coisas que você mesmo considerou errôneas, não acredito de forma alguma que ele tenha tido alguma atitude burra, como por exemplo por ter escrito para a folha e muito menos por ter escrito o que contém naquele texto.

    Por que sinceramente eu concordo com o que ele escreveu. Eu não sou estudante de filosofia ou ciências sociais, mas me interesso muito por isso, gosto de ler Platão, Sócrates etc e ouso afirmar que o meu filósofo favorito é o Diógenes de Síncope, porque acredito no que ele dizia, só não viveria ao pé da letra.
    E sobre o Aristófanes ter sido também censurado naquela época, sou ignorante dos fatos daquela época, mas eu não sei que tipo de punição eles davam pra essas pessoas, porém hoje em dia seria uma punição muito maior do que eles recebiam...

    Na verdade, sinceramente eu comparo o Danilo e o que ele faz com um romano chamado Petrônio, numa obra super famosa chamada Satíricon que foi adaptada para o cinema pelo Mestre Federico Fellini, aliás foi por causa dele que eu tive conhecimento dessa obra.

    Vendo o filme, eu vi um conjunto de piadas sobre a sociedade romana, pederastia, política, sociedade, orgia em todos os sentidos e essa história que me deixou muito chocada por seu conteúdo e depois que o filme terminou passei a pensar muito no filme e o vi mais como um tipo de comédia que talvez pudesse ser feita hoje em dia.

    Está certo que o filme criticava a sociedade da década de 60 e que os "revolucionários" da Contra-Cultura apropriaram aquilo para eles e misturaram com muitas coisas que também ignoro o seu efeito.

    Entretando, mantenho a minha ideia de que o roteiro adaptado na década de 60 serve também para o 3º Milênio. Simplesmente, porque as coisas continuam as mesmas.

    Desconheço o histórico de Petrônio mas nessa obra adaptada, penso que, o que Danilo faz lembra o que Fellini fez com o seu filme e considero um dos maiores filmes da História Cinematográfica.

  2. @Roberta || @Bel_cinema

    Roberta,

    Você misturou uma porção de coisas aí...

    1º Quero deixar claro que eu não concordei com a regra que está em vigor, você pode ler minha opinião bem clara aqui ó:

    http://imprenca.blogspot.com/2010/08/epa-censuraram-o-humor.html

    O CQC (bem como o Danilo, seu integrante) reclama que não recebe credenciais e é expulso do congresso; veja, humorista não tem de estar no congresso, jornalista sim. Então ele 'dá uma de jornalista' sim.

    Não sei quanto a você (com todo respeito) mas se eu vou escrever uma carta à Folha de São Paulo eu não vou citar um cara que não conheço (no caso o Aristófanes, sua punição, aliás, era das duas uma: Ser expulso de Atenas ou morto, acho que é mais grave, concorda?)

    Respeito demais o Feline para comparar qualquer coisa do Gentili a ele, mas de qualquer modo, não pretendia discutir o humor dele, mas a carta...

    Espero não ter te ofendido, espero que continue visitando e comentando,

    Abços

  3. Roberta says:

    É como eu penso. Talvez eu mude de ideia no futuro, atualmente penso assim.

  4. Sami says:

    "O CQC (bem como o Danilo, seu integrante) reclama que não recebe credenciais e é expulso do congresso; veja, humorista não tem de estar no congresso, jornalista sim. Então ele 'dá uma de jornalista' sim."

    Peraí, você acha que só jornalista é que tem direito de adentrar o Congresso Nacional? Humoristas e pessoas comuns não têm esse direito? É isso?

    Falou aí. Estudante de letras querendo falar de política só podia dar nisso...

  5. @Sami

    Sami,

    Eu acho que qualquer cidadão tem o direito (aliás eu não, a constituição) de adentrar o congresso, no PAPEL DE CIDADÃO.

    O congresso não é lugar de se fazer humor, peças de teatro, música ou coisas alheias às tarefas de legislar...

    Quanto a sua birrinha infantil, você entra no blog se for do seu agrado, se não for, fique a vontade para sair,

    bjoks

  6. Anônimo says:

    Não entendi, Sami. Primeiro você se irrita com uma "suposta" seleção, do Caipira,de quem deve ou não estar no congresso, depois me diz que estudante de letras não deve escrever sobre política? Você com certeza não é das pessoas mais coerentes que eu já encontrei.

  7. Danilo says:

    Opa uma seguidora do twitter me falou sobre o blog. Vim ler. Bom blog.

    Quanto ao post "QUEM FALA O QUE QUER" talvez vc tenha se equivocado um pouco ao achar q sou burro pq cobrei o TSE. Mas para que compreenda tem algo bem didatico e explicadinho aqui. Tem vídeo, desenho, ponderaçao de um especialista, textos direto:

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/785047-com-video-e-charge-danilo-gentili-ataca-censura-ao-humor-nas-eleicoes.shtml



    Quanto a sua observaçao de Aristofanes, gostaria de aprender mais com vc, porque lí alguns livros que falavam dele e artigos na internet e todos em harmonia narram que Aristofanes criticou com seu humor fortemente o politico Cleon. Esse o denunciou e tentou persegui-lo, mas Aristofanes em momento algun sofreu a puniçao que Cleon queria. Depois de dois anos Aristofanes voltou a investir contra Cleon. Cleon voltou a processa-lo e o fim desse episodio foi o arquivamento do processo. O Estado nao puniu Aristofanes por fazer humor com um politico.

    Ainda que tivesse punido, e bem diferente do caso de hoje. O Estado Grego nao tinha uma lei proibindo Aristofanes de fazer sua satira. Uma pessoa fisica (Cleon) achou que foi prejudicado e acionou o Estado. Mas o Estado em momento algum disse que Aristofanes nao poderia fazer tal satira. Hoje, no Brasil, nao é o candidato que processa quem acha q o prejudicou, é o proprio Estado diz que a satira nem mesmo deve ser feita ao candidato.


    Quanto a questionar se sou ou nao humorista, faz bem, pois sou pessimo no que faço. Sò tiro proveito de quem engole pra ganhar alguma grana.


    Tudo que falo, por mais idiota que seja, falo com meu nome, dou a cara a tapa pra criticas ou elogios. Mas voce, dono do blog, nao se identifica. Nao tem sua foto nem seu nome aqui. Entao termino com suas proprias palavras que leio aqui acima do campo de postagem: "Se você estivesse certo não comentaria de forma anônima."

  8. @Danilo

    Danilo,

    Quanto a dar minha cara à tapa, posso te informar que meu nome é Victor Amatucci, meu telefone te passo por DM se você quiser, e meu e-mail está disponível a qualquer um que clique no link no topo da página.

    Quanto ao Aristófanes, ele foi perseguido severamente e não apenas por Cleon.

    Quanto às leis na Grécia clássica, o próprio Platão criticava o teatro (em geral, não apenas o humor).

    Quanto à segunda carta,Danilo, ela apenas admite, de forma bastante retórica, que endereçou a carta ao lugar errado, já que o TSE não legisla e não poderia, nem que quisesse, proibir a lei.

    É bom te lembrar que a lei não proíbe "sátiras", apenas proíbe manipulações em período eleitoral. Você sabe e eu sei que a emissora na qual você trabalha apoia um candidato(a)específico e nada garante que as manipulações seriam de maneira igual entre todos os candidatos(as) {{e não acho que vcs seriam idiotas a ponto de manipularem as coisas desta forma simplória, apenas mostrando um ponto de vista}}

    Nunca questionei sua capacidade enquanto humorista, mas questiono o humor que o programa onde você está faz, porque ele não educa, faz o contrário.

    Obrigado pelos elogio sobre o blog {{vou aceitar como elogio mesmo, que pensar em ironia dá muito trabalho}},

    Tomara que tenha sido você mesmo, porque daria muito trabalho me passar por bobo e responder um Danilo fake. ;)

  9. "O congresso não é lugar de se fazer humor, peças de teatro, música ou coisas alheias às tarefas de legislar..." < claro, é la q eles decidem o que vão fazer de humor, de peça de teatro , e de musicas , com o circo deles q no caso, somos nós! Na verdade é sempre necessário haver questionamentos sobre o como eles nos tratam, o congresso foi feito pelos cidadãos, porque "raios" eles não podem adentra-lo? é a mesma coisa que construir sua casa e não poder entrar. Se eu falei bobagem me corrija, ta Sr da verdade absoluta!

  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.
  11. Izadora Thomaz says:

    Ainda que não sendo jornalista, como rezam os argumentos chorosos de uns e outros, Danilo alcance os ouvidos do povo e inculque ali mudanças no comportamento passivo de absorção perante uma democracia claudicante e falsa, reinante desde todo o sempre, amém, não poderia causar menos desconforto naqueles que se propuseram a tal e, mesmo que disponham hoje de tantos dispositivos livres de censura, como este blog, não logram fazê-lo, sendo ainda, tão eruditos, craquejados, nobres e sábios.
    Danilo efetiva seu ensejo utilizando-se do espaço que resevar-se como cidadão, operando a liberdade de expressão, convence por méritos próprios e com isso, defende uma causa legítima. Temos de ovacioná-lo. E que o azedume e a nódoa da inveja não sejam e, realmente não são, capaz de impedí-lo, pois que fala em nome de todos nós. Os que estiverem contra, fechem a porta de suas celas e coloquem seus gag balls.
    Só um detalhe, sábio escritor, cujo ao nome não me atentei; com pouco traquejo filológico, nota-se claramente, que sua insistente alusão à wikipédia é um subterfúgio para tentar ocultar sua própria depedência, por medo de ser descoberto, o que, inclusive, subjuga o intelecto de seus leitores e acaba por entregar sua baixa autoestima.

  12. @Taty Teixeira

    Taty,

    Eu disse que como cidadão todos tem o direito de entrar no congresso e fiscalizar, por favor leia a frase toda...

    Quem me fez Sr. da verdade absoluta foi você, não sou.

    Se eu fosse teu comentário não estaria aqui, estaria?

  13. @Izadora Thomaz

    Izadora,

    Primeiro que não sou jornalista, nem nunca tive esta pretensão(é fácil, clique em "Sobre o autor").

    Depois que, ainda que você não tenha lido, eu sou contra a regra exatamente da mesma forma que o Danilo, você pode ver minha opinião no post:

    http://www.imprenca.com/2010/08/epa-censuraram-o-humor.html

    Post que faço referência neste artigo.

    Tenho sérias dúvidas se o CQC (e não apenas o Danilo Gentili) "inculque ali mudanças no comportamento passivo de absorção perante uma democracia claudicante e falsa" como você quer.

    Acho o contrário, acho que passa uma mensagem de que os políticos são todos corruptos/ignorantes, o que é péssimo para uma democracia, até porque não é verdade.

    Quanto à minha baixa autoestima, Izadora, ficarei enobrecido quando você me indicar um(a) psicólogo(a) para resolver aquestão.

    Estou realmente muito preocupado!!

    Bjks

    ps: é difícil discordar sem agredir?

  14. @Fábio Schiavo

    Fábio,

    eu vou lamber sabão sim! Mas comente em minúsculas para que seu comentário permaneça ativo aos demais leitores, ok?

    Maiúsculas é sinal de gritaria e gritaria dá dor de cabeça, o que é um saco...

    Alguma preferência sobre o sabão? Omo, Ariel, etc. ?

  15. Izadora Thomaz says:

    Desculpe pela agressão, mas, sabe que quem fala o que quer...

    Fora isso, creio que precise, sim, de um psicógolo, pois é muito sensível.

    P.S - o seu post, sob a análise doída que você mesmo sustenta, é bastante agressivo, porém, desculpe-me senão vou destrinchá-lo, mas é bastante óbvio e dispensa didática.

  16. @Izadora Thomaz

    Esta' desculpada...

    Vou esperar o telefone do(a) profissional indicada, ok?

    Abra'cos fraternos,

    ps: vc podia ao menos elogiar alguma coisa, pra ver se melhora minha estima, ne'?

  17. Vc é absolutamente contraditório, eu q realmente tenho o q fazer não vou mais escrever nada, ve a tréplica do Danilo q tem uns desenhos acho q vc entende td melhor ta? =D

    E sim, vc se acha o dono da verdade, pois se não, não iria sair por aí achando q deve corrigir td mundo...

  18. " ps: é difícil discordar sem agredir? " hahahaha Boa! então leia atentamente todas as suas respostas! smp com tom de estupidez, mas no final pede desculpas? entendo porque defende o congresso, digamos q vc é um tanto quanto político neh? hsuahsa deixa eu adivinhar vc vai falar " blhablha blha eu não quis dizer isso, blhablhablha se eu fui estupido me desculpe?" p/ mim basta! vc ta ganahndo ibope demais por algo q nem foi tão bom assim! por mim seus 15 minutos de blog popular acabou aki!

  19. O "Danilo Gentili" deixou este comentário em outro post. Lá ele foi apagado, copio e colo integralmente para que não me acusem de censura...

    Oi. Meu nome é Danilo Gentili. Pelos poucos ou quase nenhum comentario q tem aqui,faço o favor de passar por aqui só pra lembrar toda sua astucia, esperteza e informaçao.

    Em um post vc me chamou de burro, desinformado por cobrar o Judiciario pela aplicaçao do Artigo 45 da lei eleitoral como ele vinha sendo aplicado.

    Na ocasião em toda sua sabedoria e esperteza vc afirmou que o judiciario nada tem haver com essa lei e nao pode fazer nada a nao ser aplicar a lei. Só isso.

    Pois bem, foi o proprio judiciario, o STF que reconheceu que existia uma censura aos humoristas e isso era inconstitucional... Sim, em declaraça oficial o Ministro do STF, do poder judiciario SUSPENDEU a lei, que segundo voce, o JUDICIARIO nada tem haver com ela.

    Alem disso vc insiste que Aristofanes foi punido por fazer humor, quando qualquer fonte o mostra como "queridinho" do povo grego. Ele nunca foi punido pelo Estado por fazer comedia.


    Quando entrei aqui a primeira vez achei que o nome IMPRENÇA era uma fina ironia. Mas analisando bem o tipo de coisa que diz nao deve ser.

    É IMPRENSA...com S ok? Arruma o titulo ai que está errado.

  20. @Danilo,

    Ó GRANDE SALVADOR! Ó IMPERADOR 1º E ÚNICO DESTE BLOG! Ó...Ó...Ó... será possível enviar seu favor em dinheiro?

    Embora divertido, vai acabar pegando mal essa história...

    Sua carta foi ao TSE = TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, quem irá julgar a lei é o SUPERIOR TRIBUNAL FEDERAL = STF.

    Há uma diferença bem grande (vc pode sempre dizer que dá na msma para ganhar a discussão, mas sabemos que não é a realidade, né?!) entre as duas instâncias.

    A "democracia grega" que você parece ter exaltado na carta era 'infinitamente menos democrática' {{notou, aspas?}} que a brasileira, basta ver quem tem poder de voto em uma e noutra.

    Aristófanes foi perseguido pessoalmente, não vejo muita semelhança com o caso em questão, não... mas em todo caso, fica pra você este ponto, não me importo...

    Não me lembro de ter te chamado de burro, não senhor, mas de ter dito que você não devia falar de política... se quiser posso exemplificar o porque... por exemplo com a brincadeira pra lá de sem noção sobre o Genoíno ter sido torturado {{e agora você pode abdicar de argumentar e me chamar de petista, vai sair por cima...}}ou aceitar a resposta ridícula que te deram no legislativo quando você foi questionar a lei...

    As nuances fazem diferença...

    Quanto a você passar aqui para me prestigiar eu fico muito agradecido e quero te lembrar que o que importa para mim é ter você comentando, o resto do mundo não...

    Eu corrijo o título se você prometer que vai comentar aqui de novo, tá bom?! Preciso manter o blog ativo, né?!

  21. Tá meio ridícula essa discussão.

    O autor do blog, esculacha um comentário porque está em letras maiúsculas, o que configura GRITO.

    Daí, eu leio isso aqui "Ó GRANDE SALVADOR! Ó IMPERADOR 1º E ÚNICO DESTE BLOG! Ó...Ó...Ó... será possível " escrito por ele no último comentário e isso é o quê?

    Depois, TSE faz o papel de órgão FISCALIZADOR das Eleições e pode EDITAR RESULOÇÕES, portanto, pode fazer valer a LEI SIM !

    Seria ele o principal destinatário da carta de Danilo SIM ! Mas, não custava nada também direcionar ao Congresso Nacional (apesar do POUCO ou quase NENHUM trabalho lá nesse período, bem como a PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA).

    Enfim, a intenção do Danilo é mais do que boa. Jornalistas, advogados, cidadãos comuns e humoristas podem e devem freqüentar o Congresso Nacional, aquele CIRCO onde imperam os PALHAÇOS.

  22. Fábio,

    Há diferenças entre ressaltar parte do comentário como fez você, por exemplo, e comentar tudo em maiúsculas.

    Sua afirmação é torpe e senso-comum do pior tipo. Do tipo que acredita em tudo que lê.

    Se todos os congressistas nada fazem e o presidente da república também nada faz, como você explica, por exemplo, o Ficha Limpa? Ou a saída da Erenice. Ou o Bolsa-família?

    O país estaria parado, não acha?
    Vou repetir em maiúsculas o que disse em comentário logo acima:

    EU ACHO QUE QUALQUER CIDADÃO TEM O DIREITO (ALIÁS EU NÃO, A CONSTITUIÇÃO) DE ADENTRAR O CONGRESSO, NO PAPEL DE CIDADÃO

    O CONGRESSO NÃO É LUGAR DE SE FAZER HUMOR, PEÇAS DE TEATRO, MÚSICA OU COISAS ALHEIAS À TAREFA DE LEGISLAR...

    Abraços, obrigado por freqüentar o blog!

  23. Caipira,

    A saída da Erenice foi a solução mais rápida e prática para que o governo não "lidasse" com a situação. Aliás, demite-se rapidamente como uma solução para o caso mas, mesmo que se prove a acusação, não se desfilia do partido (pois lá, eles são inimputáveis).

    O Ficha Limpa está prestes a se tornar inoperante este ano, tudo para facilitar o "trabalho" dos congressistas em reeleição e dos próprios candidatos. Além disso, mereceu toda a presteza do Judiciário, em favor do Legislativo que, rapidamente, montou esquemas de se apropriar da Lei em benefício próprio, como um valor a mais dos candidatos "limpos", não por fazer valer a Lei, já alterada por eles para aprovação à contragosto "declarado" deles.

    O Bolsa-Família, bem, esse aí é um dos principais arrecadadores de votos para os governistas. Deve funcionar, inclusive, mais do que perfeitamente, neste período. Acho até que estão pagando adiantado.

    Óbvio que o País não está parado, mas também não funciona no que diz respeito às Reformas fundamentais que precisam ser realizadas.

    Humor, peças de teatro, música e coisas alheias à tarefa de legislar, realmente, não devem ser feitas no Congresso. Mas, quando um humorista vai lá para questionar os congressistas, mesmo que através do humor, é válido e revelador. O humor, na maioria das vezes, é um artifício utilizado para se fazer questionamentos que os jornalistas comuns não se atrevem a fazer e os congressistas também se recusam a se submeter.

    CQC e Pânico são dois dos principais programas para a grande massa juvenil do País. É lá que, também e principalmente, pré-adolescentes e adolescentes se informam sobre os acontecimentos políticos no Brasil.

    Por isso mesmo, os humoristas "jornalistas" desses dois programas (principalmente, o CQC) dispõem de credenciais de imprensa para atuar no Congresso Nacional e devem continuar a fazê-lo: sem cenário, sem fantasias, sem imitações.

    E, disponha, entrei hoje pela primeira vez e gostei do conteúdo. Parabéns !

  24. Oi Fábio,

    As questões que citei foi só para mostrar que o congresso funciona mesmo, independente de concordar ou não com elas (eu discordo de quase tudo que vc falou hahaha mas é outra discussão...)

    Não acho que chamar o Genoíno de 'torturadinho' seja exatamente um questionamento, como não considero esses programas que você citou politizados...

    Sobre o Ficha Limpa escrevi hoje um post com a minha opinião, está na capa, mas o endereço é http://www.imprenca.com/2010/09/o-imprenca-e-ficha-limpa.html

    Abração!

Novo Comentário:

Quem fala o que quer ouve o que não quer. Se você estivesse certo não comentaria de forma anônima.
Sempre que o autor responder a resposta estará dentro do comentário separada por {{ resposta do autor }}.

O comentário requer registro pelos motivos explicados no Post Esclarecimentos