Desculpa



Se você tem cérebro, raciocina e não faz críticas sem argumentos, mil perdões. Este post é para as outras pessoas que acessam este blog.


             Ao acordar hoje, sexta-feira dia 21 de maio de 2010, sabia que encontraria em minha caixa postal uma porção de comentários imbecis {{não há outra palavra e, ainda que houvesse, dane-se o blog é meu}} sobre o post.

             Abri minha caixa postal e lá estavam, comentários anônimos dizendo que sou idiota, imbecil, que o Lula é magnífico e o Jabor um imbecil , enfim, todas as hipóteses para comentários sem fundamento a favor e contra o post.

             Bloqueei os mais atormentados, liberei outros, vida que segue.

             E resolvi escrever este post "para provar que sou sublime" {{citação a prova de idiotas, é F. Pessoa}}. Não faz muito tempo li um post sobre as coisas que nos arrependemos de postar, algo que provavelmente acontecerá com este post-desabafo aqui.

             Sinceramente, cansei dessa merda toda. É isso.

             Vira-e-mexe tem um post sobre como devemos fazer amizades na internet, que isso ajuda na divulgação do blog e que amizades virtuais são importantes e etc. {{tem aqui dois exemplos, são bons posts, aliás... na verdade 1 só, já que o outro foi apagado por discussões que nada me envolvem e que não tenho a mais vaga idéia do porque começou, mas era um bom post, como é este}}

              Aí escrevo um post comentando como o Alexandre Garcia é preconceituoso. Recebo elogios de diversos blogs, tenho como comprovação da minha argumentação só a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde e outros tantos blogs, e nego vai me infernizar me chamando de imbecil e etc. {{não egocêntrico Luiz Cláudio, não falo de você seu comentário foi publicado}}



                Até de terrorista me chamaram {{pronto, Luiz Cláudio, agora estou falando de você}}. Sim, de terrorista. Aquelas pessoas que matam as outras, explodindo carros e a sí próprias...

               Publico um vídeo do Arnaldo Jabor e nego reclama que não coloquei na íntegra. Ou que eu não sei o que é ironia, ou que sou petista, ou que sou tucano {{sim, consegui ser xingado de ambos no twitter}}

               Mas vamos provar que Troll é tudo babaca? Então vamos... A crítica constante aqui é que a política externa do Lula é um desastre e que eu voto nele {{como não sei, já que ele não disputa eleição mas tudo bem}}, então dá só uma olhada aqui {{copilação de notícias sobre a política externa brasileira, só peguei jornal de fora do país, ok?}}.

                Chega de Trolls. Vamos à arrogância.

                Não são poucos os blogueiros que pretendem alcançar seu quinhão de relevância, influência e/ou popularidade. Muito se fala em como chegar ao topo e tudo mais, mas, ao final das contas, o que acontece é que está todo mundo louco para ser convidado para um evento X ou para o evento Y.

                Quando eu ainda blogava no Turrar era comum a discussão sobre Atores que curtiam trabalhar de graça e atores que achavam aquilo uma aberração {{meu caso}}.

                 A conclusão que chego, com conhecimento de causa, e aplicando uma recém descoberta minha {{obrigado Luiz Cláudio, por me ensinar o que é analogia, mas acho que você não soube usar direito, então aprende aqui tá?}} a tal ANALOGIA, digo logo que quanto mais blogueiro xumbrega aprendiz de troll se humilhando por uma entrada ao cinema {{uso o exemplo no qual eu mesmo me encaixo, assim dificulto aos trolls que perderam argumentação e precisarão pensar mais agora}} menos essa merda toda que chamam de Blogosfera {{ou PIADosfera, se quiser}} será levada à sério.

                  Sério. Dêem uma olhada ao seu redor. Leiam e releiam as páginas de "sobre" e descubram quanta arrogância há. Com razão ou sem razão, tanto faz. Ninguém tem razão.

                   O desabafo só piora, porque, não sendo relevante, passo a ser invejoso e aí, toda a minha argumentação rola cano abaixo... Não sou relevante, até gostaria que meu blog tivesse trocentas mil visitas por dia, mas me contento com as 100 visitas diárias e um ou outro dia inglório de 3 mil visitas...

                    Sério, eu sou arrogante. Acho que escrevo melhor que 91% da mídia brasileria, acho que entendo mais de política do que a Lúcia Hipólito vai entender a vida dela todinha e não estou nem aí se você discorda.

                     Mas se eu tivesse 200 mil visitas por dia não ia achar que sou alguém por isso... Você pode ser a pessoa mais famosa da internet e, ainda assim, vai ser o cocô do cavalo do bandido no mundo real. Taí o @Cardoso que não nos deixa mentir {{e ele escreve muito bem!E é muito lido!}}.

                     Eu escrevo mesmo porque gosto. Azar seu que leu até aqui para descobrir isso, pode comentar me xingando, faço questão.


                      Aos normais e pensantes, minhas sinceras desculpas, volto ao normal na segunda.



Links do Ocioso...

4 comentários

  1. Infelizmente não podemos esperar muito de debates na web, especialmente por culpa da maioria iletrada (analfabeta funcional), incapaz de ler mais que duas linhas de texto - isso quando passam do título.

    Gente sem argumentos para um debate de idéias tem aos milhares e só deixa "puto" mesmo quem tem capacidade de pensar fora da bolha. Aliás, pensar é algo muito difícil.

    Pior mesmo é quando percebemos que não é preciso muito esforça para escrever e saber mais que a mídia tradicional desse país.
    (qualquer um sabe mais de política que a Lúcia Hipólito).

    Eu entendo seu desabafo e frustração, mas infelizmente, se queremos publicar algo de qualidade e relevante, estamos sujeitos a esse tipo de coisa. Ou você pode passar para a turma "relevante" que publica coisas do tipo "Cleo Pires fala ao celular no Rio" (não acredite em mim... hehehe... clique aqui pra ler essa matéria).

    E é assim. Vamos tentando e fingindo que há mais gente inteligente nesse mundo!

  2. Fico intrigado com algumas coisas na web, é um delas é justamente a questão da falta de discussão.

    Mas espera aí, toda hora tem gente discutindo por aí? Isso é fato, porém a maioria das discussões que abundam a internet, são de pessoas que escrevem algo contra as pessoas que não escrevem nada e pra mal dos pecados, também não sabem interpretar.

    Segundo definição do Houaiss, discussão é: debate, polêmica, em que cada participante defende pontos de vista opostos.

    Que maravilha seria a blogosfera se os incautos se dessem ao trabalho de, pelo menos, pesquisar a definição do termo discussão antes de destilarem seus venenos. Mas isso seria pedir demais, já que a maioria sabe ler, mas não sabe interpretar.

    O desabafo é válido, visto que defender um ponto de vista é um direito inalienável de cada um, discordar só é pertinente com RESPEITO e ARGUMENTOS. Se não possuir argumentos suficientes para refutar a opinião apresentada, o melhor a fazer é calar.

    Belas e necessárias palavras!

  3. Olá

    cheguei até aqui através do link da semana lá no Limão em Limonada.

    acho que tratar de temas polêmicos ou tomar partido de alguma coisa sempre corre-se o risco de ser mal interpretado e a coisa toda desembocar pro lado pior possível, porque infelizmente muitas pessoas não sabem o significado da seguinte coisa: RESPEITO, não só pela pessoa, mas pelas opiniões que ela tem sobre as coisas. Quando digo que respeito não quero dizer que preciso concordar, mas preciso entender que cada um é livre pra pensar conforme as suas vivências, personalidade e gosto pessoal.

    Acho que o preço de nossas escolhas é sentir também esse sabor amargo de perceber que há ao nosso redor pessoas que não entendem o porquê pensamos ou somos dessa ou daquela maneira. Pois a maioria quer incutir nos outros os conceitos de relevância e importância que ela mesmo acredita ser, mas que na verdade é relativo, tudo é relativo e tão pessoal...

    Por fim, creio que se você bloga porque gosta, respira fundo, ignora, te acalma e procura um jeito melhor de lidar com tudo isso, mas não deixe que as pessoas te desencoraje, palavras tem poder, mas as nossas atitudes é que dão a dimensão do que elas provocam em nós.

    O mundo ao nosso redor é uma provocação constante, para o bem e para o mal, viver é uma prova de resistência...

    Um abraço

  4. Obrigado Pessoal,

    é por vcs que o blog existe ainda!

    bjks

Novo Comentário:

Quem fala o que quer ouve o que não quer. Se você estivesse certo não comentaria de forma anônima.
Sempre que o autor responder a resposta estará dentro do comentário separada por {{ resposta do autor }}.

O comentário requer registro pelos motivos explicados no Post Esclarecimentos